Sala de Imprensa

Press releases

A vida útil do Amazonas 1 termina e ele é levado à órbita cemitério

23 de Junho de 2017

• O quinto satélite da frota da HISPASAT finalizou hoje seu processo de reorbitação, que foi iniciado no último dia 19 de junho de 2017.

• Este satélite prestou serviços de modo eficaz das posições orbitais de 61º e 55º Oeste.

MADRI, 23 de junho de 2017. HISPASAT, a operadora espanhola de comunicações por satélite, finalizou hoje o processo de reorbitação do satélite Amazonas 1. Este processo, que começou no último dia 19, terminou hoje após a transmissão do último comando do Centro de Controle de Satélites da HISPASAT em Arganda del Rey, e com isso foi completado o procedimento de passivação do satélite depois de que ele prestou serviços de comunicações ao longo de toda a sua vida útil, apesar de ter sofrido uma fuga de combustível pouco depois do lançamento.

O satélite Amazonas 1 foi lançado dia 5 de agosto de 2004 de Baikonur, a bordo o foguete Proton M Breeze M, da empresa ILS. Construído pela empresa EADS Astrium, atualmente Airbus, foi o primeiro satélite localizado na posição orbital brasileira de 61º Oeste. Em 2014,graças a um acordo com a Intelsat, o satélite foi trasladado para a posição 55,5º Oeste. Ao longo da sua vida útil, o Amazonas 1 realizou mais de 25.000 transmissões de 19 países diferentes, 613 manobras em órbita, e foi testemunha de 1.170 eclipses da Terra e 29 da lua.

O Amazonas 1 foi a pedra fundamental da expansão geográfica da empresa para os mercados da América Latina. Este satélite, com capacidades transatlânticas e pan-americanas, deu cobertura a todo o continente americano, Europa e norte da África. Baseado na plataforma Eurostar 3000, seus principais serviços foram a distribuição de canais de televisão, tanto na Europa como na América, e outras soluções de telecomunicações, como redes corporativas ou aplicativos em banda larga, entre outros.

Antonio Abad, diretor técnico e de Operações da HISPASAT, destacou que “o satélite Amazonas 1 foi muito especial para a Hispasat porque foi o primeiro passo na internacionalização da empresa. O satélite sofreu inicialmente uma fuga de combustível que pôs em dúvida o seu funcionamento futuro. Apesar disto, o Amazonas 1 cumpriu com a maioria da sua vida útil, algo que era impensáverl após alquela falha. Isso demonstra que era um satélite robusto e confiável, dentro da linha de qualidade da Airbus com a qual estamos acostumados, com a colaboração da indústria espanhola, que também participou de seu desenvolvimento”.

Por sua parte Arnaud de Rosnay, SVP Telecommunications Satellites de Airbus, afirmou: “Estamos orgulhosos de ser os sócios industriais de HISPASAT desde a sua criação e agradecemos a sua confiança, que nos permitiu contribuir com os seus numerosos sucessos. O Amazonas 1 começa uma bem merecida aposentadoria e o substituto está pronto, em particular graças a Amazonas 2 também construído por Airbus, e que oferece um incremento de capacidade em uma das principais posições orbitais de nosso distinguido cliente HISPASAT”.

Hoje o Amazonas 1 terminou de percorrer os 300 km de distância desde a 36.000 km de distância da Terra até a “órbita cemitério”, onde ficou definitivamente localizado, como estabelecem as recomendações da União Internacional de Telecomunicações (UIT) e do Comitê de Coordenação Inter-Agências de Resíduo Espacial (Inter-Agency Space Debris Coordination Committee), para a boa manutenção da órbita geoestacionária quando um satélite finaliza sua vida útil.

Sobre a AIRBUS

A Airbus é o líder mundial em aeronáutica, espaço e serviços relacionados. Em 2016 gerou lucro de 67.000 milhões de euros com um quadro de 134.000 empregados. Airbus oferece a gama mais completa de avões de passageiros desde 100 lugares até mais de 600. A Airbus também é um líder europeu na fabricação de aviões de abastecimento, de combate, de transporte e para missões, bem como a primeira empresa espacial europeia e a segunda maior do mundo. Em helicópteros, a Airbus proporciona as soluções mais eficientes do mundo em helicópteros civis e militares.

Acerca de HISPASAT

A HISPASAT é formada por empresas com presença tanto na Espanha como na América Latina, onde a sua filial brasileira HISPAMAR se localiza. A companhia é líder na difusão e distribuição de conteúdos em espanhol e português, incluindo a transmissão de importantes plataformas digitais de DTH (Direct to Home) e Televisão de Alta Definição (HDTV). A HISPASAT também provê serviços de banda larga via satélite e outras soluções de valor agregado para governos, corporações e operadoras de telecomunicações nas Américas, Europa e norte da África. A HISPASAT é uma das principais companhias do mundo em receita no seu setor e a principal ponte de comunicação entre a Europa e as Américas.

Contato de imprensa:

Iñaki Latasa – Tel: +34 91 710 25 40 – ilatasa@hispasat.es comunicacion@hispasat.es/


Este sitio web usa cookies propias y de terceros para mejorar nuestros servicios y recoger información sobre su navegación. Si pulsa "aceptar" o continua navegando consideraremos que admite el uso e instalación en su equipo o dispositivo. Encontrará más información en nuestra Política de Cookies.